Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Ouriço

MENU

FMI vs UE vs BCE- A Troika quebrada

Artur de Oliveira 11 Dez 13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parece que o FMI e a UE continuam a guerra surda para vêr quem fica bem na fotografia após a saída da Irlanda do programa de ajustamento para os mercados e o impasse na Grécia. Uma vez que vai haver um inquérito dos eurodeputados socialistas e verdes do Parlamento Europeu sobre as responsabilidades da Troika na austeridade com conclusões já em março, é mais que natural que Herman Van Rumpuy (socialista e possível candidato á Comissão Europeia), que naturalmente deu benção á comissão responsável pelo mesmo inquérito vá pôr as culpas no FMI e fazer uma operação de cosmética sobre as responsabilidades da UE e quem sabe tentar colar o candidato rival, Oli Rehn á extrema austeridade.  Só que Cristhine Lagarde já se antecipou e fez mais um mea culpa.  Enquanto isso, os povos sofrem com a austeridade, com desemprego massivo e fuga dos cérebros e da juventude para o estrangeiro. Por acaso, O FMI e UE e os partidos socialistas e populares europeus já decidiram dar algum passo real para que as medidas mais duras para os povos intervencionados sejam travadas? Não, todos eles preferem lutar entre si para saírem da história como o herói que tentou evitar o desastre. Nada disto tinha acontecido se a União Europeia tivesse determinado que o BCE devesse emprestar dinheiro aos estados em vez dos bancos para emprestarem aos estados, mas a ganância e a hegemonia franco-alemã é quem mais ordenam no clube das 27 estrelinhas, em que umas são maiores que as outras e assim o desejam, ou não quisessem condicionar o processo de União Bancária Europeia que iria aliviar os europeus das dívidas que não são suas, mas sim de certos gigantes bancários. Quem fica bem na fotografia é Mario Draghi, que é o único com vontade de mudar o status quo e tem-se batido como um guerreiro contra Deutsche Bank e o Hauptmann Schäuble. Luz ao fundo do túnel só se veria com este senhor a liderar a comissão europeia, numa UE a ferro e fogo e desesperada por uma liderança séria e isenta sem vénias a quaisquer tipo de eixos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

1 comentário

De Ricardo a 13.12.2013 às 13:56

Entretanto o sr Coelho diz-se agora admirado com as declarações da sra Lagarde porque os técnicos do fmi têm uma linha diferente.Quanto ao sr Draghi ser o único a ficar bem na foto basta ver o album goldman sachs onde estão lá outros jeitosos.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds