Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Ouriço

MENU

Adeus gás! Adeus cautelar!

Artur de Oliveira 28 Mar 14








E parece que vamos ter uma crise gasosa... Diz-se por aí que Angela Merkel vai querer que os países intervencionados pela Troika, como Portugal tenham saídas limpinhas de cautelares e estarão entregues a si mesmos, porque a Alemanha tem reservas de gás apenas disponíveis a médio e longo prazo e por isso necessita de armazenar o seu dinheiro para investir numa almofada financeira para prevenir-se do fecho da torneira de gás russo e também para investir na recuperação financeira da Ucrânia com o amigo FMI, visto que os juros e comissões de países endividados são os ovos de ouro da galinha Troika.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Ricardo Carriço a 10.04.2014 às 01:07

Mas que enxurrada de asneiras! O que têm uma coisa à ver com a outra?
Se nem se sabe como seriam angariados os fundos para o cautelar, que provavelmente seriam os que não foram usados para a recapitalização da banca, o sector mais exposto aquando da saída da Troika, como é que se pode dizer que a Alemanha está contra alguma coisa ou a precisar de almofadinhas financeiras, principalmente por causa da questão do Gás, é que só demonstra um total desconhecimento do mercado em Questão.
Meu caro, não o conheço nem sei o que faz mas pelo que tenho lido aqui no blog você precisa de voltar aos estudos, ler muito e então só depois escrever!
É com cada asneira que mete medo! Além de lhe ficar mal.
Cumprimentos.
Ricardo

De Artur de Oliveira a 15.04.2014 às 17:24

Então explique lá porque é que os Estados Unidos querem vender gás á Alemanha... E pensa que vai ser barato? Olhe que não.

De Ricardo Carriço a 23.04.2014 às 00:03

Os EUA vender gás à Alemanha? Mas onde é que viu isso?
Que tremendo absurdo! E transportam o gás como? Não me diga que vão transportar o gás de navio até Hamburgo!
Ou desembarcam-no no porto de Lisboa em bilhas e depois vai transportado de TGV?
Por favor pare de dizer asneiras!

De Joao Pinto a 24.04.2014 às 02:11

Caro, a Alemanha pode comprar gas a quem quiser, assim como os EUA o podem fazer, ou vender pois este é trasacionado em mercado cotado, normalmente usando futuros. O problema da entrega nem se coloca pois o gas comprado pela Alemanha (usando o seu exemplo) aos EUA nao tinha necessariamente de ser produzido por estes, que o podem ir comprar atraves de outros instrumentos financeiros a outro qualquer produtor do outro lado do mundo que depois se encarregara de fazer a entrega fisica.
Neste caso e nesta crise especifica é um excelente negocio para os EUA e para a Russia, no entanto para a Europa......
Se nao entender o que eu acabei de escrever diga que eu posso detalhar melhor...
Cumprimentos

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds