Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

Empreendedorismo e desemprego em Portugal

Artur de Oliveira 29 Fev 16

12472812_10204996518784493_7350854814395203942_n.j

Autoria e outros dados (tags, etc)

União Euromercantilista

Artur de Oliveira 18 Jul 15

Naturalmente que os mercados são parte da vida, mas a partir do momento em que vidas dependem, se estagnam e até perecem por causa dos mesmos, algo está errado. Como disse e muito bem Helmut Schmidt, ex- chanceler alemão: “Que vão para o diabo se não salvarem a Grécia ... Até agora a Alemanha não gastou nem um euro para ajudar a Grécia. Em vez de acicatar as pessoas contra Atenas, a política devia controlar os mercados financeiros.”

11173377_1087152974646596_1879554537035846555_n.jp

Autoria e outros dados (tags, etc)

A tragédia greco- mundial

Artur de Oliveira 16 Jul 15

A actual situação na Grécia abriu um precedente que poderá ser igual ao que foi iniciado com o assassinato do Arquiduque Francisco Fernando, que originou o I Genocídio Mundial e a sua sequela inevitável. Só que aí matou-se um representante de um povo, agora mata-se um povo aos poucos com balas em forma de €. A situação pode parecer mais leve a certos eurocratas e sponsors oligárquicos, mas não nos esqueçamos que esse território faz fronteira física com a Turquia e de influência com a Russia e daí advirão consequências imprevisíveis. A ganância faz destas coisas, cega. E não me refiro somente ao Sr. Ministro das Finanças germânico, mas á república grega que sempre isentou os armadores e outras elites de impostos e pô-se a jeito. Pobre povo grego, pobre Europa. As sociedades civis europeias que ajam com inteligência e formem movimentos e partidos cidadãos ou que tentem influenciar as suas multinacionais de esquerda e direita (aparentemente tão diferentes e tão iguais na hora do vamos ver) para a cidadania e não para a oligarquia, exigindo justiça social e criminal, pois a corrupção é quem mais ordena essa pode talvez originar um Genocídio III, porque a alternativa aos neoliberais de (esquerda e direita convencionais) e aos cidadãos unidos são as extremas direitas e extremas esquerdas e o resto já se sabe. Vamos reabrir os livros de história?

11201186_989431504423624_3363940881530253760_n.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

PPP's e as Troikas e Baldroikas do Governo

Artur de Oliveira 10 Out 14

OriginalSize$2014_09_22_11_41_56_233155.jpg

O FMI lançou um relatório que alerta que as Parcerias Público-Privadas e concessões do Estado não serão assim tão transparentes em termos de orçamento de estado, já que mais de 2/3 dos contratos celebrados entre Estado e concessionários não foram devidamente fiscalizados. Tratam-se de 21 mil milhões de investimentos do Estado nestes negócios ruinosos que deveriam ser renegociados e em certos casos bloqueados de vez. Afinal para que serviram tantos sacrifícios dos cidadãos? Uma governação que se importa com o seu povo, já teria tomado medidas em relação a isso desde que iniciou a actual legislatura. Sabe-se que esse problema tem a sua complexidade e as suas especificidades, mas não fiscalizar tantos contratos não cheira a inércia, mas cheira a conluios. Há uma coisa chamada memória selectiva, será que estamos perante inércia selectiva? Mais, porque é que só agora é que o FMI fala no assunto, quando devia ter falado na altura certa, evitando-se assim tanto desemprego, dívida, pobreza e outras tragédias sociais numa austeridade cega, impiedosa e até assassina para muitas famílias? Porque ao que parece o que importava á Troika era receber o dinheiro, viesse de onde viesse e de qualquer jeito. Bastava apenas que os vistos na checklist fossem preenchidos enquanto a sociedade civil e 90% do tecido empresarial eram esmagados pela fiscocracia impantada sem dó nem piedade. Afinal havia alternativa, mas aparentemente não era conveniente. É o neoliberalismo no seu melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Castidade ou Cancro

mafalda leal 4 Abr 14

 
Eu tive o privilégio de ser vacinada contra o cancro do colo do útero ,mas a minha irmã parece que o não terá . Levou a primeira dose ( a vacina tem três doses) e o centro de saúde de S. de Brás de Aportel diz que não tem a segunda para lhe dar ( esgotou ) .


O cancro do colo do útero é causado por um viruzinho (Vírus do Papiloma Humano (HPV) ) , transmitindo-se geralmente através das relações sexuais (a vacina reduz o risco de contracção da doença) .


Para estas pre-adolescentes e adolescentes ( privadas da vacina) , a solução para prevenir este cancro tão simpático e salvaguardarem o útero , é a castidade.


Não há dinheiro para estas vacinas e outras coisas fundamentais , porque estes políticos corruptos ,o roubaram todo para irem de ferias para o brasil partir a nota toda dos portugueses com o turismo sexual , comprarem casas e carros .


Pergunto-me se devido a esta má gestão do dinheiro , teremos uma geração de jovens condenadas à castidade ou a um útero enfermo ?

 

Mafalda Simão Leal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Artur de Oliveira em 5/4/14 às 02:58

Sobre o colapso de um país

Artur de Oliveira 9 Mar 14








A partir do momento em que não se encoraja a natalidade e se incentiva a juventude a emigrar num povo envelhecido, só se demonstra a péssima qualidade dos nossos políticos e que estamos perante uma república niilista. A gestão danosa dos dinheiros públicos e a subserviência a juros usurários de uma dívida duvidosa e odiosa por parte dos governos da III República mataram este país. As oligarquias fizeram o que quiseram e a sociedade civil não reage. Até quando não nos organizamos em manifestações inteligentes, apresentando candidaturas independentes exigindo paridade de direitos com as dos partidos em termos legislativos e quando é que os militantes dos partidos resolvem dar um banho de democracia e cidadania aos seus respectivos movimentos e exigir uma chefia de Estado isenta de lobices, partidices e oligarquices?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds