Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

Cavaco e a China

Artur de Oliveira 18 Mai 14

Autoria e outros dados (tags, etc)

A "polémica entrevista" de Mário Soares, aqui bem relatada pelo Nelson Faustino, é semelhante às manifestações de estudantes.  Pode não ter razão nos razões que invoca mas tem-na nos males que denuncia. E o mal que o dr.Mário Soares denuncia é fundo e é grave: o estado português deixou dominar-se pelos mercados, areboque de outros mais poderosos. Verdade que vale para Durão Barroso, Santana Lopes, José Sócrates e este agora.... Fizeram-na bonita! A enorme preguiça intelectual dos governantes portugueses (só expeditos nas manobras politiqueiras do género ongoing) não os deixou perceber que o mundo mudou radicalmente com a globalização e a desregulação imposta pelos países mais poderosos, e estupidamente aceite pela União Europeia....

Os nossos governantes não perceberam que, há mais de uma década, o triunfo absoluto das ideias económicas inflexíveis de neo-conservadores como Friedrich von Hayek e de neo-liberais como Milton Friedman, e outros defensores da nova ordem mundial, como Francis Fukuyama, criaram um mercado global sem regulação. Um casino onde a China entrou por via da OMC. Esqueceram-se esses excelsos e obtusos defensores do mercado livre, que sem os contrapesos do poder democrático, não adianta ter as liberdades que a democracia oferece. Democracia e capitalismo não estão tão intimamente ligadas na teoria e na prática como se assume. A democracia tem  uma série de princípios, alguns deles divergentes e outros compatíveis com os princípios fundamentais do capitalismo. Os que se deixaram deslumbrar com os booms do capitalismo, agora que lhe roam os busts. Como ensinou Lonergan, pensassem antes que o lucro também é dividendo social e fechassem o casino enquanto era tempo. Mas como diz Keynes, os estadistas nem sabem a que ideias de economistas já mortos, estão amarrados  

Agora é tarde. Os choques são cada vez mais fortes entre governos democráticos e grandes empresas e mercados financeiros e os seus porta-vozes que são as agências de regulação. Agora o jogo tornou-se brutal, "hunger games" em que os suicidas começam a fazer uma fila tão grande quanto a das empresas falidas, na Grécia, Espanha, Itália e em Portugal, numa casa perto de si.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chinesisses

Faust Von Goethe 20 Jan 12

A propósito da revelação d'A bolha chinesa feita no blog Estado Sentido por Pedro Quartin Graça, gostaria de fazer uma observação breve sobre a economia chinesa:

 

Embora tenha atingido um mínimo histórico em termos de consumo privado (33,8%), o Credit Suisse estima que o mercado chinês será a partir de 2020 o maior mercado de consumo a nível global.

Por outro lado, a lentidão do reajustamento do modelo económico assim como a actual crise europeia deverão ter consequências já em 2012, fazendo que o ritmo de crescimento abrande de 9% para 8%. Serão apenas esperadas consequências sociais graves se o crescimento ficar abaixo deste número.

Entretanto, um estudo da JPMorgan afirma que a queda de preços no mercado imobiliário chinês poderá atingir os 20% nas maiores cidades do país nos próximos 12 a 18 meses, o que em parte, resulta das medidas restritivas introduzidas pelas autoridades desde abril de 2010, que passam essencialmente pelo aumento das exigências de capital próprio nos empréstimos hipotecários.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Controversa Taxa TOBIN

Faust Von Goethe 8 Jan 12

Factos a reter a propósito da controvérsia em torno da taxa TOBIN:

 

1) Wall Street e City Bank a City Londrina estão contra a implementação da taxa TOBIN sobre operações financeiras;

2) Cameron já defendeu manifestou-se totalmente contra a implementação desta taxa na última cimeira da zona euro;

 

3) Sarkozy diz que a França adoptará a taxa antes do final de Janeiro, próximo da cimeira de 30 Janeiro 2011, para dar o exemplo;

4) Merkel e Monti pretendem que a taxa seja aplicável a nível da UE em bloco e não isoladamente como a França pretende;

5)  China e os EUA estão contra a implementação desta taxa para transacções a nível mundial;


6) Esta taxa apenas tributará 0,1% sobre as operações relativas a acções e obrigações e 0,01% sobre as restantes operações financeiras.

 

 

Contas feitas, esta poderá render à União Europeia  55 mil milhões de euros ao ano, o que equivale a 70% do resgate da TROIKA a Portugal.

A esta medida ir avante, serão os maus dos bancos a ser solidários com os novos ricos do Sul e não os pobres dos alemães.

 

PS: Amanhã, o casal Merkozy deverá discutir a implementação desta medida em Berlim. Estejam atentos aos (Tele)Jornais ;).
 

 Na imagem, James Tobin, prémio nobel da Economia em 1981.



AGRADECIMENTO: Obrigado ao manuel.m por rectificar as gralhas os pontos 1) e 2) em comentário. Estes já foram corrigidos no post. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds