Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

O comércio moderno

Jack Soifer 12 Mar 13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não basta refilar que o comércio está mal. A principal reclamação dos clientes, quando os entrevisto, é o atendimento. O que fazer?

 

1. Introduzir, como em outros países, o banco de horas, onde é especificado o total de horas a trabalhar por ano, uma faixa semanal, como 30 a 45 horas e uma especial, para dois meses do ano, por exemplo 20 a 60 horas, para Janeiro e Dezembro;

2. Abrir e encerrar no horário adequado aos clientes locais, pois há bairros onde eles só regressam do trabalho pelas 20h00;

3. Atrair clientes para que parem na montra e depois entrem na loja, a maioria só mostra produtos e preços, nada sobre a qualidade;

4. Variar montras e letreiros consoante a velocidade que carros e autocarros passam, para permitir melhor visualização do produto;

5. Variar a mensagem de cada loja, consoante as características dos clientes potenciais, as características do bairro ou da cidade; o nome da loja deve ser apelativo, não precisa ser igual ao do registo da empresa.

 

Ao controlar as razões da insatisfação dos clientes em lojas do Sul e Centro-Sul, percebi que é muito maior nas grandes superfícies, onde o patrão quase nunca tem contacto com o empregado que atende o cliente. Assim, este é maltratado pelo patrão, que maltrata o cliente.

 

O índice de reclamações nas lojas que o patrão diariamente visita é menor e onde o patrão trabalha na loja é ínfimo. O índice de perda de produtos, por deterioração ou roubo na primeira, é maior do que nesta. A maior rede de electrodomésticos e informática do País tem lojas onde há um ou no máximo dois empregados e um segurança. Isto implica grandes custos adicionais e pior qualidade no atendimento.

 

Em lojas onde o patrão está, ele próprio e os seus fiéis colaboradores fazem a segurança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A crise da moedinha austera...

John Wolf 18 Out 12

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

link de artigo publicado no blog Caleidoscópio:

 

A crise da moedinha austera...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds