Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

A tragédia greco- mundial

Artur de Oliveira 16 Jul 15

A actual situação na Grécia abriu um precedente que poderá ser igual ao que foi iniciado com o assassinato do Arquiduque Francisco Fernando, que originou o I Genocídio Mundial e a sua sequela inevitável. Só que aí matou-se um representante de um povo, agora mata-se um povo aos poucos com balas em forma de €. A situação pode parecer mais leve a certos eurocratas e sponsors oligárquicos, mas não nos esqueçamos que esse território faz fronteira física com a Turquia e de influência com a Russia e daí advirão consequências imprevisíveis. A ganância faz destas coisas, cega. E não me refiro somente ao Sr. Ministro das Finanças germânico, mas á república grega que sempre isentou os armadores e outras elites de impostos e pô-se a jeito. Pobre povo grego, pobre Europa. As sociedades civis europeias que ajam com inteligência e formem movimentos e partidos cidadãos ou que tentem influenciar as suas multinacionais de esquerda e direita (aparentemente tão diferentes e tão iguais na hora do vamos ver) para a cidadania e não para a oligarquia, exigindo justiça social e criminal, pois a corrupção é quem mais ordena essa pode talvez originar um Genocídio III, porque a alternativa aos neoliberais de (esquerda e direita convencionais) e aos cidadãos unidos são as extremas direitas e extremas esquerdas e o resto já se sabe. Vamos reabrir os livros de história?

11201186_989431504423624_3363940881530253760_n.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds