Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nos cortes das pensões ficaram de fora detentores de cargos políticos com subvenções vitalícias, magistrados e diplomatas já jubilados e os aposentados da Caixa Geral de Depósitos. Se é verdade que não devia haver diferenças em termos de regalias entre funcionários públicos e privados, também é verdade que não devem haver excepções nas medidas de austeridade. Assim só se comprova que a III República é um regime de castas e que a democracia só se aplica no verdadeiro sentido termo á elite dos senhores do regime e dos jotinhas passados e presentes e quiça futuros.  Na sua arrogância, os donos deste regime julgam-se deuses do Olimpo, enquanto os cidadãos deixam-se sacrificar como cordeiros em fila indiana. O timing para estas medidas foi o ideal para o establishment, pois o português médio prefere vêr os programas pimba das tardes de Agosto (um desses programas até se chama Somos Portugal e infelizmente acertou na mouche) a informar-se do que se passa com o seu país e com os seus direitos. Mas tudo tem um fim... Quando?  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds