Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

União Euromercantilista

Artur de Oliveira 18 Jul 15

Naturalmente que os mercados são parte da vida, mas a partir do momento em que vidas dependem, se estagnam e até perecem por causa dos mesmos, algo está errado. Como disse e muito bem Helmut Schmidt, ex- chanceler alemão: “Que vão para o diabo se não salvarem a Grécia ... Até agora a Alemanha não gastou nem um euro para ajudar a Grécia. Em vez de acicatar as pessoas contra Atenas, a política devia controlar os mercados financeiros.”

11173377_1087152974646596_1879554537035846555_n.jp

Autoria e outros dados (tags, etc)

Austeridade: From Germany with love

Artur de Oliveira 3 Jan 14

Segundo Bruno Odent, no seu livro Modèle allemand, une imposture, Le Temps des Cerises, 2013, a austeridade tão preconizada pela Alemanha foi utilizada pela Alemanha Federal aquando da reunificação com a sua gêmea ex-comunista.  Daí pensarem certas oligarquias, que querem uma federação europeia replicada da federação alemã, que o mesmo "remédio" resulta. Ou seja os países do Norte são a RFA e os do Sul a RDA. Curioso e irónico que a actual Chanceler alemã tenha vivido grande parte da sua vida na ex-república comunista ou talvez não. Seja como fôr, os países mais fracos  têm que se sujeitar ao modelo neoliberal do "There is no alternative" e á austeridade sado-masoquista que, segundo os oligarcas, é feita para o bem dos mesmos.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

União Europeia e extremismo

Artur de Oliveira 27 Dez 13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O princípio de acabar com os partidos de extrema direita e extrema esquerda na UE é bom, mas pode ter um propósito sinistro: quem define quem é extremista ou não? Bastará haver um político ou movimentos de cidadãos contra a actual governação oligárquica da União Europeia (em que poucos mandam na maioria e os países do norte se sobrepõem aos do sul como se tem visto na crise das dívidas soberanas) ou contra o federalismo que só dá jeito aos mesmos do costume, para que sejam considerado extremistas. A bem dizer, a União Europeia pode vir a ser vítima de extremismos (como se vê na Hungria e Roménia) precisamente devido ao extremismo dos eurocratas em manter a extrema austeridade e a desigualdade entre estados-membros e quem denuncia isso poderá vir a ser chamado precisamente de... extremista!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Salvação nacional, tachos e cagarras

Artur de Oliveira 19 Jul 13

 

Este é o assunto que está em cima da mesa de negociações e o mais importante e difícil de debater para os partidos assinantes do MoU da Troika... 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entretanto, Cavaco Silva retornou da província selvagem do Cagarristão e já convocou os líderes dos três partidos para se reunirem em Belém.  Não percam o próximo episódio de Portutroika, uma novela com dois anos a atormentar as audiências... 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Holanda esta numa crise profunda, em recessão, com o sector imobiliário parado e uma divida de 250% ao que supera a Grecia nos seus 125%!

A UE "deu" dinheiro aos paises do Sul para pararem de desenvolver a sua agricultura, pesca entre outras coisas; estupidamente aceitamos, e como tal, ha que pagar pelos erros... mas estes senhores no fundo europeu para alem de fascistas/ ditadores vestidos de economistas são uns autenticos agiotas.

A situação da UE e má, mal regulada e incapaz de criar as suas proprias agencias de rating vivendo subjugada aos ataques dos EUA que tentam recuperar a todo o custo a sua economia. A mensagem de que Portugal e a Grecia sao preguicosos e nao trabalham e gastam mais do que devem e erronea e pura propaganda de uma europa nada unida e super feudal!

Portugal devia sair sim do Euro criando uma commowealth portuguesa com as suas ex-colónias que sao agora economias emergentes. Deveremos regressar á agricultura e promover os produtos nacionais, o que não vai ser facil mas no entanto é possivel um dia recuperar a economia e ultrapassar a Alemanha a modo do exemplo da Islândia.

Basta que haja a coragem e determinacao igual ao dos descobrimentos. Interessante, ninguem ouve nada sobre a situação da Holanda com o desemprego a crescer galopantemente, isto porque são aliados da Alemanha e convém convencer que os maus da fita somos nós, os PIIGS.

As nossas divididas devem ser perdoadas assim como perdoamos os nosso devedores, ja assim diz o Pai Nosso!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que há em comum entre Brasil e Europa?

Artur de Oliveira 21 Jun 13

Resposta: Protestos, políticos incapazes e uma sociedade civil emergente a preparar-se para integrar a governação num futuro próximo.



Autoria e outros dados (tags, etc)

Apocalipse zombie UE

Artur de Oliveira 31 Mai 13











Com as trapalhadas, hesitações e salamaleques ao poder germânico, os líderes europeus submetem-se às oligarquias político-financeiras em que políticos saltitam da política para a banca e empresas, como se fizessem parte de um clubinho e quem se prejudica são as empresas sobrecarregadas com impostos e os cidadãos que se vêem cada vez mais pobres e por mais que se esforcem não conseguem arranjar emprego ( excluo os que se encostam a certas benesses). Depois admirem-se que não haja um dia uma convulsão na Europa, com fascismos a crescer e a natalidade a decrescer. Ou a UE cresce em ideias ou haverá um apocalipse zombie de desempregados a preferir soluções demagógicas fáceis....

Autoria e outros dados (tags, etc)

Consta que...

Artur de Oliveira 17 Mai 13

Durao Barroso esta prestes a ser substituído por falta de pulso na crise financeira na UE, por pressão alemã e talvez o senhor que se segue seja Mário Monti.
Em casa em que não há pão, toda a gente ralha e ninguém tem razão. Em ano de eleições, Angela Merkel faz-se de santinha e atira as culpas á Troika e á Comissão Europeia e pelos vistos arrumara o balneário da Comissão Europeia. Mudanças cosméticas? O futuro o dirá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds