Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

Viva o Infante !

Mendo Henriques 7 Jun 12

Uma bela sugestão de que ainda não ouvi falar cá pelo burgo: o romance histórico de Arkan Simaan, editado em Paris pela Harmattan, uma referência editorial,  e abaixo resumida pelo autor no seu blog em português da diáspora. O autor nasceu no Lábano, foi para o Brasil e desde os 25 anos refugiou-se em França por razões políticas onde se tornou engenheiro e professor de física. Através de Joelle Fontaine, interessou-se pelos temas de história. De tudo junto saiu este seu livro sobre o tempo do Infante D. Henrique.

Por muitas e variadas razões, entre as quais ser um empreendedor, o Infante D. Henrique, diz-me muito.

 

"Por intermediário das peripécias de Raul Pimentel, o leitor percebe as duas razões principais que levaram o infante a enviar marinheiros pelo “mar tenebroso”: tomar contacto com o imperador do Mali em Tumbuctu e buscar o Preste João. Segue-se a colonização da Madeira por João Gonçalves Zarco (do qual é feita uma biografia, que talvez seja a primeira de um personagem tão ilustre da história portuguesa), a exploração da costa africana, a passagem do cabo Bojador por Gil Eanes, etc. No final, o livro relata um evento excepcional: o encontro de duas civilizações que até então se ignoravam completamente: primeiramente, os cristãos portugueses e os muçulmanos Azenegues e, em segundo lugar, os mesmos cristãos e os Wolofs em processo de islamização. Nesse contexto começaram as razias de escravos, particularmente em Arguim. As últimas páginas do romance descrevem a terrível cena do mercado de escravos em Lagos. Este trecho é diretamente inspirado da crônica de Gomes Eanes de Zurara."

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds