Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

Sobre o Dia da Europa

Artur de Oliveira 9 Mai 13

 

Comunicado do IDP-Instituto da Democracia Portuguesa sobre o Dia da Europa- 9 de Maio de 2013

 

 

"Comemoramos o dia da Europa neste 9 de maio de 2013 com vários pesadelos a pairar sobre a União Europeia, em particular nos países do Sul: a classe trabalhadora tem cada vez menos trabalho, a classe média tem cada vez menos meios e a classe dirigente tem cada vez menos classe. E estes países do Sul são os fundadores da Europa histórica, a Grécia da Antiguidade, a Itália, Portugal e Espanha da modernidade mediterrânica e da Expansão mundial, depois seguidas por França e Inglaterra.

Os povos europeus tiveram um papel essencial no desenho do Mundo em que hoje vivemos. Inaugurámos a modernidade como época e a modernidade tornou-se um processo que chegou a todo o mundo e aos nossos dias. Nenhum outro continente tem tamanha preponderância cultural, nenhum outro liderou uma tal mudança. Enquanto continente, a Europa é um elemento incontornável no mundo moderno e será, no futuro um ator essencial na elaboração do mesmo.


O 9 de Maio, sendo a data importante da fundação da União Europeia, é apenas um segmento da riquíssima história da Europa. A unificação europeia é uma ideia inovadora e arrojada, como apenas os europeus poderiam empreender. Num mundo em que a fragmentação é a norma, onde nem América, nem Ásia, nem África se apresentam como unidades, unificar povos diversos com um fundo cultural comum é uma tarefa que apenas os europeus poderão conseguir.


Lembremos o óbvio. A Europa de hoje é mais rica do que alguma vez o foi na sua história. Mas é uma Europa mais velha e menos afoita do que em épocas anteriores. Conseguimos a paz, através da colaboração de países que estiveram em guerras ao longo de séculos. Em torno de um projeto comum, alcançámos um nível de prosperidade e benefícios inauditos. Mas agora exigimos novas regras comuns. Para manter os mesmo princípios de paz, solidariedade, coesão e justiça social.


Encontramo-nos, num momento chave da construção de um novo ciclo. Para quem tem uma história de muitos séculos, o período da construção do espaço europeu é curto; os desafios presentes são muito semelhantes aos do passado. Não existem razões para perder a esperança na Europa, mas temos de abordar com uma nova atitude o novo ciclo em que estamos a entrar.


Vivemos tempos conturbados em que se definirá o nosso futuro. Estamos a assistir ao risco dos interesses de cada membro se sobreporem ao interesse comum, pondo em perigo um projecto que, a ser invertido, teria custos insustentáveis para todos. As elites europeias usaram a “Europa” face aos seus eleitorados como o álibi para a promoção de decisões impopulares. É o famoso défice de democracia na Europa. Esse tempo está esgotado porque se exige aos povos independentes europeus que renovem o compromisso com a Europa.


Os movimentos de cidadania, as redes da sociedade civil, os movimentos sociais, vão ter uma palavra cada vez mais decisiva neste novo ciclo da Europa. Vão ser eles a exigir responsabilidades aos dirigentes, para alcançar um novo compromisso histórico entre os povos da Europa. A democracia vai ter que encontrar novas fórmulas para que os trabalhadores tenham cada vez mais assegurada a sua dignidade e para que novos dirigentes mostrem que servem os povos, antes de servir-se a si próprios ou a poderes económicos e financeiros. Só assim os pesadelos desaparecerão da União Europeia."


Lisboa, 9 de maio de 2013

 

 

A Direção do IDP

Autoria e outros dados (tags, etc)

Retrato do neoliberalismo

Artur de Oliveira 9 Mai 13

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nota-se que lhe encomendaram(ou ordenaram-lhe) o sermão...





Fonte:Facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eurobipolaridade

Artur de Oliveira 21 Mar 13












Estamos perante uma Europa esquizofrénica com os tiques de policia regional dos USA mais as manias opressoras da URSS, usando o Euro como ogiva nuclear apontada aos países prevaricadores e tendo as varias troikas como os seus stormtroopers.
Ou seja, estamos numa Europa sem identidade própria...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hunger Games in Grécia?

Artur de Oliveira 8 Fev 13

 

Eis o que o neoliberalismo e a sua filha, a austeridade, fazem a um povo, deixam-no á fome sem dó nem piedade... Será que se lembraram disto na Cimeira Europeia de hoje? Será o princípio do futuro negro de Hunger Games? Imitará a ficção a realidade?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Devíamos ter um Primeiro-Ministro com a garra do Presidente da Islândia, que não se deixou subjugar pelos bancos e realmente ouviu a voz dos cidadãos.

 

No entanto, aqui em Portugal os interesses e os amiguinhos é quem mais ordena e um banqueiro nacionai ainda tem a distinta lata de dizer: aguenta, aguenta.

 

Estou no entanto confiante numa transição para uma democracia melhor com uma sociedade civil mais forte contra os interesses oligárquicos instalados e reforçados desde que a república tornou-se regime em Portugal, sempre no interesse da res privada em vez da res publica...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Neoliberalismo no seu melhor

Artur de Oliveira 31 Jan 13

 

 

Este senhor, no vídeo que se segue, fala como fala provavelmente porque nunca teve ninguém na família a passar fome ou com dificuldades em pagar as contas do mês. Como a austeridade é sempre para os mesmos, quem é poupado da austeridade na sua forma mais violenta(bancos e cia) pode falar muito e alto do seu pedestal, mesmo que sejam cretinices que parecem vindas de um barão do café esclavagista como haviam no Brasil e que implantaram a república por lá devido á Princesa Isabel ter libertado os escravos...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Génese da Crise

Artur de Oliveira 4 Dez 12

E foi assim que tudo começou: Fiat Crisis!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds