Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

o-que-e-a-caixa-de-pandora-3.jpg

Desde que Mário Soares chamou a família Espírito Santo de volta para Portugal, nos anos 80, que os negócios entre as oligarquias políticas e financeiras (que transitam de cargos públicos e políticos para as grandes empresas e vice-versa) floresceram em barda. Certo é que depois descobriu-se que o corno da abundância do BES estava afinal oco e o dinheiro simplesmente fugiu. Qual o motivo do saco azul do BES não ser discutido pelos nossos deputados na assembleia? Porque os jornais não divulgam os nomes da lista desse saco azul aka mensalão á portuguesa? Muito simples, porque todos (directa ou indirectamente) estão contagiados pelo dinheiro do antigo BES. Mas como diz uma expressão norte-americana, follow the money. Quando os nomes da lista forem revelados, a caixa de Pandora irá-se abrir e os demónios do passado atormentarão este regime podre e sem sentido. Talvez nem Marcelo, o presidente tagarala, escape, porque sabe-se lá quem pagou aquelas viagens ao Brasil e outros destinos com o seu amigo Ricardo Salgado e a troco de quê?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Presidente Papagaio

Artur de Oliveira 20 Abr 16

490594.png

Ele comenta a actualidade, distribui beijinhos e abraços na rua, tira selfies, ajuda o actual primeiro ministro a governar o país e sobretudo: não se cala um minuto! Sinceramente, é triste esta república que estão tão zombie, que para sobreviver precisa de um enterteiner para a presidir. Qualquer dia, ainda temos um reality show tipo President Story ou Presidente on Top. Sinceramente, hà papagaios que falam menos e acertam mais que o actual residente de Belém...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Justiça cidadã

Artur de Oliveira 17 Abr 16

Nem tudo se resolve á porrada (perdoem-me a expressão), mas a maioria dos polítcos de hoje em dia são tão arrogantes como o Kingpin e depois dizem que fizeram o melhor... Política é para servir os cidadãos, ok? E não se fiem no Marcelo. PS: A banda desenhada e os subsequentes filmes, não são entertenimemto, são avisos.

13015284_10206079988218562_3542008031542371602_n.j

Autoria e outros dados (tags, etc)

12495097_1022432241165183_9092569951012010828_n.jp

Queres ser presidente da república ou primeiro-ministro? Então deixa que uma estação de tv te venda como um yogurte no supermercado e o céu é o limite.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A queda do neoliberalismo made in Portugal

Artur de Oliveira 24 Mar 16

paises-vias-de-desarrollo-vs-neoliberalismo.png

Após o chumbo do XX Governo Constitucional (e II Neoliberal Troikano-Merkelista) pela aliança geringonciana, Paulo Portas arrumou as botas e actualmente, a sua sucessora, Assunção Cristas não descarta aliar-se estrategicamente ao PS num futuro próximo, mas Passos Coelho mantém-se irredutível na defesa da banca zeinalbaviana. A atitude de PPC ser sempre do contra é algo muito fácil; aliás, creio que essa táctica já passou de moda desde os tempos da contra-cultura até nos alunos da instrução primária. O nosso desquerido líder da oposição até já levou um puxão de orelhas do presidente da república, que já lhe deu a entender que a banca nacional deve ser preservada (tal como a matriz social democrata do partido de ambos?????????). Nuno Morais Sarmento numa entrevista recente deu a entender que o prazo de validade do modelo liberal incarnado em PPC não é mais valia para o PSD.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Querido Líder?

Artur de Oliveira 12 Mar 16

12798998_1162910023722072_151450575907066043_n.jpg

O presidente made in TVI agora lançou uma app presidencial e foi conquistar o Norte. Tendo ele o nome do padrinho e tudo (o dos dois ll´s), só falta fazer as conversas em família ou um programa tipo Alô Presidente á la Chavez. E o povo cai que nem um patinho, só porque o senhor é simpático e tenta armar-se em Papa Francisco, quebrando protocolos e tendo um humor Obamiano. Se Cavaco era a múmia republicana, Marcelo Rebelo de Sousa é a Esfinge... Vigiemos e esperemos. Certo é que António Costa vai ficar caladinho e os seus geringoncianos apesar de não terem aplaudido o novo Sidónio Pais, vão torcer para que se mantenha tudo na mesma como a lesma. Mas Portugal continua em crise... de identidade e de falta de dinheiro no bolso. Lá diz o povo: quando a esmola é muita o povo (ou o santo noutra versão) desconfia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rei Marcelo ou Presidente TVI?

Artur de Oliveira 25 Fev 16

Captura de ecrã 2016-01-05, às 19.20.29.png

A tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa vai durar 12 horas. A festa vai ser de arromba e o bacanal presidencial que todos nós vamos pagar e bem caro, incluirá concertos de Mariza, Pedro Abrunhosa, entre outros artistas. Qualquer marciano que viesse visitar o nosso país iria perguntar logo se se tratava de uma coroação de algum monarca absoluto de uma região inferior do cosmos. O facto é que as repúblicas dizem-se mais democratas que as monarquias constitucionais, mas no fundo adoram brincar aos reis medievais (veja-se Luís Napoleão, que foi eleito presidente da república e tornou-se Napoleão III em homenagem ao seu tio). Belo exemplo que o futuro chefe de estado dará num país ainda depauperadado, que faz lembrar os imperadores romanos com os circos e o pão para o povo. O mínimo que Marcelo devia fazer era pedir á TVI que patrocinasse a festa, porque o amigo Salgado já não pode.

Autoria e outros dados (tags, etc)

images.jpg

As redes sociais, para bem ou para o mal são uma extensão da cidadania e da livre opinião. Logo, quem são os partidos para se imiscuirem na vida dos cidadãos e para influenciar as opiniões das pessoas? Já não bastam os comentadores políticos televisivos (um até chegou a presidente do regime vigente), agora temos que levar com cybermercenários a soldo dos grandes partidos, suas clientelas, amigos e parceiros? Uma coisa é certa, esta república feudalista teme pela sobrevivência, logo tudo faz para a sobrevivência da zombie obesa de boina frígia, nem que recorra ao cyberbullying. O vídeo que se segue mostra a realidade nada virtual em que (sobre)vivemos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

transferir.jpg

Finalmente acabou o impasse sobre o OE 2016. António Costa cedeu a Bruxelas na meta do défice e ainda prometeu a Angela Merkel ajuda na problemática dos "refugiados". Costa já se sente vitorioso e pensa que os seus bluffs e jogadas arriscadas irão levá-lo ao topo do Olimpo. No entanto, o OE foi aprovado com reservas e nada garante que não haja um orçamento rectificativo daqui a uns meses, sendo que Marcelo irá estar de olho em tudo... Certo mesmo é que este governo está a ser vigiado pelo Bloco de Esquerda que já tomou uma posição sobre o OE revisto, acordado e corrigido com Bruxelas e não gostou muito da coisa. Costa e sus muchachos dependem mais das amazonas do BE do que de um PCP cada vez mais fossilizado. Se Costa não seguir os parâmetros do BE, cedo ou tarde, lá vai o governo abaixo e se o actual PM se se recandidatasse, dificilmente teria o apoio do seu partido e muito menos da extrema esquerda. E quem lucraria com isto? O BE, que está cada vez mais a crescer e está a querer passar aos cidadãos que é um partido da sociedade civil e um dia irá reclamar para si mesmo o papel de paladino da causa dos cidadãos (sendo na verdadade um partido radical de esquerda com tradição albanesa) e um dia irá virar-se contra o PS e acusá-lo de ser igual ao PSD. É bom que não nos iludamos com os falsos profetas da cidadania latentes e emergentes... Uma coisa é certa, o grande centrão está a definhar e quando vejo a atitude do Bloco de Esquerda em relação ao governo socialista, lembro-me logo daquela cena do Alien em que um tripulante da nave Nostromo incuba um embrião dos bicharocos e morre quando o bichinho cresce, saindo do ventre dele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Abstenção vs Voto Obrigatório

Artur de Oliveira 28 Jan 16

ig-cov.jpg

Quem venceu as eleições presidenciais de 2016, ao contrário do que todos pensam, não foi Marcelo Rebelo de Sousa, mas sim a abstenção com 51.16% dos votos. Não seria de admirar que face a estes resultados, os paladinos do regime republicano um dia queiram seguir o exemplo do Brasil e obrigar as pessoas a votar por forma a manter o estabelishment feudal partidocrata. Certos escritórios de advogados pertencentes a alguns deputados, ou a sócios, compadres e de clientelas dos mesmos esfregariam as mãos de contentes com mais um contrato chave na mão de outsourcing para se elaborar legislação antidemocrática e ás custas de quem? De nós, os cidadãos, como é lógico. Caso surja essa ideia, é sinal de desespero do regime actual, a república do centrão de baixo. Se por acaso esse plano vir a luz do dia, os barões do regime deviam primeiro seguir o exemplo do Brasil sim, mas no voto electrónico e não em coagir os cidadãos a votar. Se querem que votemos, é simples, pensem mais nos cidadãos nas vossas estratégias políticas e menos nos vossos amigos dos amigos. É caso para dizer que não estamos numa res publica, mas sim numa res privada com sabor a corrupção e cheiro a nepotismo bacoco. Só a cidadania activa é que pode apoiar uma governação mais justa e logo democrática, sem amarras de ideologias atrasadas que mais não servem para dividir e conquistar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds