Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

transferir.jpg

Finalmente acabou o impasse sobre o OE 2016. António Costa cedeu a Bruxelas na meta do défice e ainda prometeu a Angela Merkel ajuda na problemática dos "refugiados". Costa já se sente vitorioso e pensa que os seus bluffs e jogadas arriscadas irão levá-lo ao topo do Olimpo. No entanto, o OE foi aprovado com reservas e nada garante que não haja um orçamento rectificativo daqui a uns meses, sendo que Marcelo irá estar de olho em tudo... Certo mesmo é que este governo está a ser vigiado pelo Bloco de Esquerda que já tomou uma posição sobre o OE revisto, acordado e corrigido com Bruxelas e não gostou muito da coisa. Costa e sus muchachos dependem mais das amazonas do BE do que de um PCP cada vez mais fossilizado. Se Costa não seguir os parâmetros do BE, cedo ou tarde, lá vai o governo abaixo e se o actual PM se se recandidatasse, dificilmente teria o apoio do seu partido e muito menos da extrema esquerda. E quem lucraria com isto? O BE, que está cada vez mais a crescer e está a querer passar aos cidadãos que é um partido da sociedade civil e um dia irá reclamar para si mesmo o papel de paladino da causa dos cidadãos (sendo na verdadade um partido radical de esquerda com tradição albanesa) e um dia irá virar-se contra o PS e acusá-lo de ser igual ao PSD. É bom que não nos iludamos com os falsos profetas da cidadania latentes e emergentes... Uma coisa é certa, o grande centrão está a definhar e quando vejo a atitude do Bloco de Esquerda em relação ao governo socialista, lembro-me logo daquela cena do Alien em que um tripulante da nave Nostromo incuba um embrião dos bicharocos e morre quando o bichinho cresce, saindo do ventre dele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds