Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Ouriço

MENU

Eduardo Lourenço alerta para a invasão do País por «uma espécie de vampiros», que controla o sistema inventado pela modernidade, vivendo-se agora um «apocalipse indireto» em «estado de guerra permanente». Se, por um lado, fico triste, por mais este apontamento sobre a actual situação do País que parece ter caído numa espécie de nigredo [a tal noite escura da alma], por outro, vejo aqui uma saída, embora sanguinária, mas, ao menos, certeira de pôr um fim ao melodrama português. Junte-se então uma miscelânea de objetos e circunstâncias específicas (crucifixo, hóstia, fogo, alho, estacas, e sol, q.b., e enfim, balas de prata e muita Bíblia ... ) e façamos deles uso. E lembrei-me, ainda, de uma outra solução, mas essa implicaria que tivéssemos um presidente da república à altura - e isso, é certo e sabido que não o temos! - e que, tal como no filme 'Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros', fosse presidente durante o dia e exterminador de vampiros durante a noite. Acresce que este presidente emergiu como lider, há quase 30 anos, do covil de um braço da elite dos ditos - quem não se lembra da sua surpreendente vitória no XII Congresso do PSD, lá por maio 1985? - pelo que será impossível contar com sua excelência para a "limpeza"! Deixo aqui algumas imagens ilustrativas da eventual "solução final"! E porquê a Biblia? - perguntam os mais distraídos destes assuntos. Basta conhecer aquele pequeno e breve excerto d'"A Carta à Igreja em Laodicéia" (Apocalipse 3:14-22) "Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca." Tal como muitos de nós por aqui temos alertado, o "perigo" vem dos "mornos"! Se os tívéssemos "vomitado" a tempo, não estávamos hoje a ser sugados vampiricamente ... Portugal, é A HORA!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds